Bruno, Dom e o papel das cidades na Amazônia

Trajetória do Palmeiras ensaia reproduzir superioridade do Bayern
23 de junho de 2022
Noruega poderá retomar pagamentos ao Fundo Amazônia se governo mudar, diz ministro
23 de junho de 2022
O que mais me impressionou na foto em que Pelado -um dos supostos assassinos de Bruno Pereira e Dom Phillips- era conduzido por policiais federais, foi a imagem dos jovens que, amontoados num barranco, assistiam à cena: vestimentas básicas, descalços, olhos fixos no suposto assassino que tinha a cara coberta por um capuz. O que eles pensavam naquele momento? Que perspectivas têm de futuro? Onde vivem?
Leia mais (06/22/2022 – 10h00)

Os comentários estão encerrados.