Contador ligado a Lula atuou para o PCC, segundo polícia, e caso vira arma bolsonarista

Mortes: Vereador e deputado, foi um defensor dos aposentados
17 de junho de 2022
Polícia deve ajudar usuário a ficar longe da cadeia, diz ex-diretora de combate às drogas da Casa Branca
17 de junho de 2022
A Justiça de São Paulo sequestrou na quarta-feira (15) cerca de R$ 40 milhões em bens de um grupo suspeito de ligação com a facção criminosa PCC e uma empresa de ônibus na capital. Entre os integrantes do grupo está o contador João Muniz Leite e sua mulher.
Leia mais (06/16/2022 – 18h27)

Os comentários estão encerrados.