É urgente uma política de Estado para a ciência brasileira

Ditaduras moleculares
31 de julho de 2022
Bolsonaro quer roubar o cavalo de dom Pedro 1º
31 de julho de 2022
Para fechar o mês da campanha #ciêncianaseleições, venho em nome da Academia Brasileira de Ciências reforçar a luta para o país estabelecer uma política de Estado -não apenas de governo- para o setor e destinar 2% do PIB à ciência, tecnologia e inovação (CT&I).
Leia mais (07/30/2022 – 17h00)

Os comentários estão encerrados.