Indicados por Bolsonaro ao STJ só devem ser sabatinados no Senado após as eleições

Bolsonaro diz acreditar que pode ser preso se sair da Presidência
2 de agosto de 2022
Jovens trans enfrentam barreiras para utilizar banheiros em escolas
2 de agosto de 2022
O Senado deve segurar por pelo menos quatro meses as sabatinas dos nomes que foram indicados nesta segunda-feira (1º) pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para vagas de ministros do Superior Tribunal de Justiça, por causa do calendário eleitoral e também por descontentamento com os escolhidos.
Leia mais (08/01/2022 – 23h00)

Os comentários estão encerrados.