Israelenses evitam encarar os traumas dos palestinos, diz David Grossman

Coalizão de Macron e bloco de esquerda empatam em eleições legislativas na França
13 de junho de 2022
NYT também soa alarme para ataque de militares às eleições no Brasil
13 de junho de 2022
A arte é uma ferramenta poderosa para que as novas gerações compreendam os traumas sofridos por seus antepassados. É o que diz o escritor israelense David Grossman, um dos principais representantes da literatura do país e autor de “A Vida Brinca Muito Comigo” -romance lançado agora pela Companhia das Letras que fala justamente sobre esse tipo de trauma intergeracional.
Leia mais (06/12/2022 – 17h30)

Os comentários estão encerrados.