Pesquisa usa inteligência artificial para apontar área prioritária de combate ao desmatamento na Amazônia

SP só esclarece 3 de cada 10 homicídios, aponta levantamento
3 de agosto de 2022
Coreia do Sul lança sua primeira missão à Lua em nova onda de exploração espacial
3 de agosto de 2022
Um método desenvolvido por pesquisadores brasileiros com base em imagens de satélite e inteligência artificial mostra que a área prioritária das ações de combate ao desmatamento poderia ser 27,8% menor do que a dos 11 municípios atualmente monitorados pelo governo federal no Plano Amazônia 2021/2022. Esse monitoramento, porém, deixa de considerar novas fronteiras de derrubada da floresta, que extrapolam os limites desses municípios-alvo.
Leia mais (08/02/2022 – 08h59)

Os comentários estão encerrados.