Registro de acesso de câmeras da festa de petista morto em Foz foi apagado, diz perícia

Câmara aprova MP que abre caminho para concessão de auxílio por incapacidade sem perícia
3 de agosto de 2022
Kansas mantém direito ao aborto em 1º grande teste após decisão da Suprema Corte dos EUA
3 de agosto de 2022
Uma nova perícia foi anexada nesta terça-feira (2) ao processo que investiga a morte do guarda municipal Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu (PR). Ela aponta que houve uma limpeza no registro de acessos do aparelho que gravou as imagens do dia do crime. Com isso, não é possível saber quem teve acesso a esses dados.
Leia mais (08/02/2022 – 23h51)

Os comentários estão encerrados.