Seca severa na Arábia antiga pode ter contribuído para surgimento do Islã

Priorizar as crianças e os adolescentes é garantir um futuro justo, inclusivo e sustentável
18 de junho de 2022
Educação a distância ameaça qualidade de cursos privados
18 de junho de 2022
Um período de seca severa que pode ter se arrastado por décadas, culminando com a destruição do principal reino da Arábia durante a Antiguidade, pode ter sido um dos fatores-chave por trás das origens do Islã, afirma um novo estudo. A desarticulação política e econômica trazida pelo evento climático teria aberto espaço para que o movimento religioso criado por Maomé se tornasse dominante na região.
Leia mais (06/17/2022 – 09h00)

Os comentários estão encerrados.