STJ nega ação de mãe que pedia devolução de mensalidades escolares por aulas virtuais na pandemia

‘Não vou puxar nem Lula Lá nem Fora Bolsonaro’, diz presidente da Parada LGBT
15 de junho de 2022
Mortes: Fã de aventuras, teve a medicina como missão
15 de junho de 2022
A Quarta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) rejeitou nesta terça-feira (14) uma ação que pedia a devolução, por parte de uma escola particular, de mensalidades pagas à instituição durante a emergência sanitária da Covid-19. A demanda foi apresentada pela mãe de dois alunos matriculados em um colégio do Distrito Federal.
Leia mais (06/14/2022 – 20h11)

Os comentários estão encerrados.