Justiça condena Ronnie Lessa e familiares por destruir provas do assassinato de Marielle Franco

A arte imita a vida
11 de julho de 2021
Com SUS, pretos e pardos se aproximam dos brancos em longevidade em 22 estados
11 de julho de 2021
A Justiça do Rio de Janeiro condenou o ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de ser o assassino de Marielle Franco e Anderson Gomes, sua esposa, o cunhado e dois amigos pelo crime de ocultação e destruição de provas.
Leia mais (07/10/2021 – 19h46)

Os comentários estão encerrados.