Militar que estava em suposto jantar da propina dirá à CPI que estava iniciando consultoria ao mercado privado

Após flores de nora de Portinari, Omar Aziz recebe mais presentes e usa raio-x para segurança
15 de julho de 2021
Policiais cearenses monitoravam residência e prenderam DJ Ivis em ação que durou 10 minutos
15 de julho de 2021
Os advogados de Marcelo Blanco afirmam que o coronel da reserva dirá em seu depoimento à CPI da Covid que desenvolvia atividade de consultoria junto a empresas da iniciativa privada que tinham interesse em negociar com o mercado brasileiro, especialmente com o Ministério da Saúde, no qual ele havia trabalhado e por isso conhecia os trâmites burocráticos.
Leia mais (07/14/2021 – 23h15)

Os comentários estão encerrados.