Mudam os músculos, ficam as ações

Covid: por que OMS diz que variante ômicron pode significar o fim da pandemia na Europa
25 de janeiro de 2022
Média de mortes por Covid volta a ficar acima de 300, após quase 3 meses
25 de janeiro de 2022
De braços e mãos carregadas, apontar para um objeto de interesse para chamar a atenção de alguém é temerário. Mas não há problema: na ausência das mãos, estendemos sem pensar duas vezes um cotovelo, um pé, ou mesmo o queixo na direção desejada para mostrar “ali, ó”.
Leia mais (01/24/2022 – 17h24)

Os comentários estão encerrados.