Viúva de presidente haitiano se pronuncia sobre assassinato e pede que país não ‘perca o rumo’

Confronto entre polícia e gangues em Caracas deixa 26 mortos em dois dias
11 de julho de 2021
Prática da ‘porta giratória’, encarnada em Rumsfeld, é desafio difícil de expurgar nos EUA
11 de julho de 2021
Martine Moïse, viúva do presidente do Haiti assassinado na quarta-feira (9), Jovenel Moïse, fez neste sábado (10) suas primeiras declarações públicas desde o ataque e pediu que o seu país não “perca o rumo”.
Leia mais (07/10/2021 – 19h14)

Os comentários estão encerrados.