Conectado por
Rondônia, quinta, 23 de maio de 2024.

Sem categoria

Novo estudo reforça tese de diferenças atléticas entre homens e mulheres trans

Compartilhe:
Um novo estudo financiado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) descobriu que atletas transgênero femininas apresentaram maior força de preensão manual -um indicador de força muscular geral- mas menor capacidade de salto, função pulmonar e aptidão cardiovascular relativa em comparação com mulheres cujo gênero foi atribuído como feminino ao nascer.
Leia mais (05/02/2024 – 17h17)
Publicidade INSTALE O APP DA DJ90.COM.BR