Servidor da Saúde diz à PF não se lembrar se mostrou invoice em encontro com Bolsonaro

Não ao fundão eleitoral de R$ 6 bi
20 de julho de 2021
Ciro Gomes participa de congresso de sindicatos e defende união de trabalhador e patrão
20 de julho de 2021
O servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda disse em depoimento à PF não lembrar se ele e seu irmão, Luis Miranda (DEM-DF), mostraram a Bolsonaro, no encontro em 20 de março, a invoice (fatura) da compra da Covaxin que teria indícios de irregularidades.
Leia mais (07/19/2021 – 23h15)

Os comentários estão encerrados.