China disputa com Alibaba e Tencent para implementar sua moeda digital

Bolsonaro rejeita volta do horário de verão, mas empresários dizem que não vão recuar
8 de julho de 2021
Donald Trump anuncia processos contra Google, Facebook e Twitter
8 de julho de 2021
O e-yuan da China é uma das iniciativas de moeda digital de um banco central mais avançadas do mundo, com mais de 2 bilhões de yuans (US$ 314 milhões) gastos até agora. No entanto, o país tem dois obstáculos pela frente: o AliPay e o WeChat Pay, principais meios de pagamentos no país.
Leia mais (07/07/2021 – 07h00)

Os comentários estão encerrados.